Em meio a Floresta Nacional de Carajás, técnicas de enfermagem são as primeiras imunizadas contra Covid-19 no Hospital Yutaka Takeda

A técnica de enfermagem Fernanda da Silva Pereira Suriano, 23 anos, foi a primeira profissional a receber a vacina contra Covid-19.

 

O primeiro lote da vacina foi destinado aos profissionais que atuam na linha de frente do combate à doença na unidade

A tarde desta quinta-feira, 21, foi marcada por emoção e esperança no Hospital Yutaka Takeda, em Parauapebas, no sudeste paraense.

A técnica de enfermagem Fernanda da Silva Pereira Suriano, de 23 anos, foi a primeira profissional a receber a vacina contra Covid-19.

Há nove meses, Fernanda foi contratada para atuar no Pronto-Socorro Gripar, área exclusiva para casos do novo coronavírus na unidade hospitalar gerenciada pela Pró-Saúde.

“Foram meses de inúmeros desafios, medos e incertezas. E hoje, esse momento se torna um marco na minha vida e no Yutaka Takeda”, contou após ser informada que seria a primeira a ser imunizada.

Fernanda segurou o choro ao entrar na sala e acompanhou o passo a passo até receber a aplicação da vacina.

“Vejo esperança de dias melhores para todos. Torço para que em breve possamos nos abraçar e conviver mais próximos das pessoas que amamos”, disse.

Colegas de turno dividem emoção

Lina da Conceição Barros, também profissional da área de enfermagem, comemorou a chegada da vacina no Hospital Yutaka Takeda. Ela pertence ao grupo de 50 profissionais da unidade que foram vacinados nesta quinta-feira, durante a 1° etapa de imunização.

“Senti que cada passo até a sala de imunização fossem quilômetros. Conseguia ouvir as batidas do meu coração como se ele quisesse sair do corpo. Minha mão estava muito gelada”, contou a profissional sem esconder a emoção após ser a segunda vacinada.

Fernanda e Lina aproveitaram o momento para lembrar a importância de manter cuidados necessários para evitar novas contaminações pelo novo coronavírus, mesmo após a vacinação.

Apesar de comemorar a chegada da vacina na unidade, o diretor Hospitalar do Yutaka Takeda, Marcos Silveira, também alertou para os cuidados com a prevenção.

“A imunização renova as nossas esperanças. Hoje é o início da primeira fase de vacinação no hospital com os profissionais do Pronto-Socorro Gripar, especializada nos casos de Covid-19. Mas é necessário continuar os cuidados, evitando aglomerações e ficando em segurança”, ressalta.

Na primeira fase da campanha, serão vacinados trabalhadores de saúde; pessoas com mais de 60 anos que vivem em instituições de longa permanência e indígenas aldeados.

Fundado pela mineradora Vale em 1986, o Hospital Yutaka Takeda é gerenciado pela Pró-Saúde desde 1997.

O hospital possui reconhecimento nacional de qualidade assistencial, segurança do paciente e de gestão integrada, com certificação concedida pela Organização Nacional de Acreditação (ONA).

O Yutaka Takeda também foi a primeira unidade de saúde no país certificada pelo Programa Nacional da Qualidade (PNQ), do Conselho Federal de Enfermagem (Cofen), que reconhece a qualidade da assistencial da equipe de profissionais da instituição.