Hospital Yutaka Takeda reforça a importância da humanização no ambiente hospitalar

_Projetos desenvolvidos ao longo do ano visam proporcionar mais conforto, qualidade e satisfação à pacientes e colaboradores_

A humanização hospitalar tem sido assunto de destaque. Isso se deve a vários motivos, entre eles, podemos destacar o modo pelo qual o paciente é tratado durante o seu período de atendimento, o que está diretamente ligado à capacitação da equipe que presta o serviço.

Boas práticas de humanização hospitalar proporcionam um atendimento de qualidade, satisfação do paciente e dos profissionais envolvidos, e, ainda, fidelização clínica-hospitalar.

Por este motivo o Hospital Yutaka Takeda (HYT), gerenciado pela Pró-Saúde em Parauapebas (PA), não poupa esforços para incorporar essas práticas em cada atendimento realizado na unidade, seja nos serviços eletivos ou de urgência e emergência.

A presidente da Comissão de Humanização do HYT Lorena Lopes, explica que a humanização nada mais é que tornar mais humano o atendimento, socializar e respeitar. A profissional coloca como exemplo a relação entre os profissionais de saúde, como médicos, enfermeiros e psicólogos, e o paciente, onde cada profissional leva em conta os interesses do seu paciente. “É importante ressaltar que, por meio da humanização, o paciente é tratado como pessoa, de forma integral, considerando todas as suas individualidades”, afirma Lorena.

No HYT, durante todo o ano, projetos e ações são desenvolvidas para tornar o período de permanência dos usuários mais agradável e menos estressante. A assistente de humanização da unidade, Dolores Klippel, conta que o acolhimento e a empatia são o segredo de um bom atendimento humanizado, e detalha com satisfação alguns projetos que a unidade dispõe.

“Aqui temos projetos humanizados que tornam a estadia do paciente mais leve e prazerosa. Por exemplo, o “Mural do Bebê”, projeto idealizado para aproximar e gerar empatia da equipe assistencial com pacientes puérperas e familiares dos recém-nascidos, onde são feitas fotos dos bebês para serem expostas no mural da unidade de internação, com os dados de nascimento da criança. Há ainda uma outra foto, que a família leva para casa”, conta Dolores.

Outro projeto voltado a puérperas e familiares é o “Crescer”, que tem como objetivo conscientizar sobre a preservação do meio ambiente, com a doação de mudas de árvores no ato da alta hospitalar, incentivando o cuidado da planta e acompanhamento do crescimento dela junto com o do bebê.

“São tantos projetos importantes e de grande valia para os nossos pacientes e colaboradores, como o Passatempo, Divertix, Aniversariantes do Mês, Laços de Ternura e tantos outros, que levam um acalento ao coração”, declara Dolores.

Humanização em tempos de pandemia
Lorena também destacou sobre a importância da humanização no período de pandemia, para todas as pessoas envolvidas direta e indiretamente no combate à Covid-19. O isolamento social e o preconceito velado com os pacientes contaminados pelo vírus, torna as ações de humanização essenciais na recuperação. “Aqui no HYT, a aproximação por vídeo chamada da família com o paciente, comemorações da equipe assistencial com o corredor da alegria para pacientes recuperados, mostrando alegria por uma grande conquista, a identificação da equipe assistencial com o uso de crachás com fotos, são ações que tornam a estadia e saída do paciente mais tranquilas e favorecem a recuperação”, relatou.

“Já para os colaboradores, que precisaram passar pela pandemia, resistindo ao medo do desconhecido e sem poder realizar isolamento social, também é essencial prestar apoio e acolhimento”, ressalta a profissional. Por isso, o Hospital Yutaka Takeda, realizou diversas ações para diminuir o estresse desses profissionais, como programas de saúde mental, lanches especiais, contatos e orientações da equipe de humanização e do médico do trabalho. “ Tudo para que o trabalho na linha de frente não se tornasse algo difícil e pesado, mais sim gratificante e recompensador”, finaliza.

Sobre o hospital
O Hospital Yutaka Takeda possui importantes certificações que demonstram a preocupação da unidade com a qualidade e segurança no atendimento. O hospital é certificado com a ONA 3 – Acreditado com Excelência, reconhecimento máximo concedido pela Organização Nacional de Acreditação (ONA), que avalia a qualidade, segurança e gestão integrada. O HYT também foi a primeira unidade de saúde no Brasil certificada pelo Programa Nacional de Qualidade (PNQ), do Conselho Federal de Enfermagem (COFEN), que reconhece a qualidade da assistência da instituição. Possui ainda outras certificações, como o Green Kitchen e o Selo de Hospital Saudável.

Sobre a Pró-Saúde
A Pró-Saúde é uma entidade filantrópica que realiza a gestão de serviços de saúde e administração hospitalar há mais de 50 anos. Seu trabalho de inteligência visa a promoção da qualidade, humanização e sustentabilidade.
Com 16 mil colaboradores e mais de 1 milhão de pacientes atendidos por mês, é uma das maiores do mercado em que atua no Brasil. Atualmente, realiza a gestão de unidades de saúde presentes em 22 cidades de 12 Estados brasileiros — a maioria no âmbito do SUS (Sistema Único de Saúde). Atua amparada por seus princípios organizacionais, governança corporativa, política de integridade e valores cristãos.

A criação da Pró-Saúde fez parte de um movimento que estava à frente de seu tempo: a profissionalização da ação beneficente na saúde, um passo necessário para a melhoria da qualidade do atendimento aos pacientes que não podiam pagar pelo serviço. O padre Niversindo Antônio Cherubin, defensor da gestão profissional da saúde e também pioneiro na criação de cursos de Administração Hospitalar no País, foi o primeiro presidente da instituição.