Hospital Yutaka Takeda promove debate sobre segurança na prescrição, uso e administração de medicamentos

Para a promoção de um ambiente cada vez mais seguro aos pacientes, acompanhantes e profissionais de saúde em todo o mundo, a prescrição, uso e administração de medicamentos foi o centro dos debates entre os profissionais que atuam no Hospital Yutaka Takeda (HYT), na Serra dos Carajás, em Parauapebas (PA), no período de 21 a 25/1.

A coordenadora Farmacêutica do HYT, Maysa Monteiro, relatou que a programação intitulada de 1ª Semana de Farmácia Hospitalar contou com diversas atividades como treinamentos sobre o cálculo de dose de medicamentos e uso do carrinho de emergência, plantão farmacêutico de 24 horas para análise de prescrição no Pronto Socorro e blitz de conhecimento nos setores para engajar a equipe assistencial da Unidade ao Desafio Global de Segurança do Paciente, lançado pela Organização Mundial da Saúde (OMS), em março de 2017, que projeta reduzir pela metade os danos evitáveis associados a medicamentos, em um período de cinco anos.

“Nosso intuito com essa iniciativa foi discutir ações e melhorias que contribuam para o desafio da OMS dentro a instituição”, disse a profissional, que pontuou que durante a programação realizou uma atividade pós-treinamento com os profissionais assistenciais para identificar dúvidas em relação ao cálculo de doses na prescrição médica para uma administração correta e segura de medicamentos, e na próxima semana realizará o levantamento de dados das prescrições feitas no Pronto Socorro, de interações e conciliações medicamentosas e acompanhamento farmacoterapêutico para monitoramento e melhorias contínuas dentro da Unidade.

Para o técnico em Enfermagem do HYT, Mardone Silva, a ação só reforça o que já é praticado em relação à segurança do paciente no Hospital. “Esse projeto é muito importante, porque debatemos todos os processos de dispensação segura de medicação na farmácia, que nós aplicamos aqui no dia a dia, desde o ato da prescrição médica até a administração da medicação”, frisou Mardone.

O Hospital Yutaka Takeda dispõe de uma farmácia central e uma satélite, quatro farmacêuticos que realizam análises de prescrições, intervenção farmacêutica, visitas de orientações aos pacientes internados, entre outras atividades, além da coordenação farmacêutica que cuida da gestão do processo de Farmácia.

Sobre a Pró-Saúde

A Pró-Saúde Associação Beneficente de Assistência Social e Hospitalar é uma das maiores entidades de gestão de serviços de saúde e administração hospitalar do País. Fundada em 1967, como Associação Monlevade de Serviços Sociais, em João Monlevade (MG), a Pró-Saúde é uma instituição filantrópica sem fins lucrativos. Tem sob sua responsabilidade 2.068 leitos e o trabalho de cerca de 16 mil profissionais, sendo 2,9 mil médicos, além de reunir um dos maiores quadros de administradores hospitalares do Brasil, contribuindo para a humanização do atendimento hospitalar, em especial do Sistema Único de Saúde (SUS).

Com excelência técnica e credibilidade nacional, é uma entidade qualificada como Organização Social de Saúde (OSS) que oferece uma gama de serviços em benefício da vida. A atuação na área de administração hospitalar tornou a entidade amplamente reconhecida no setor, permitindo que a Pró-Saúde ofereça a mesma qualidade em assessoria e consultoria, planejamento estratégico, capacitação profissional, diagnósticos hospitalares e de saúde pública, gestão de serviços de ensino e muitos outros. A entidade faz a gestão de quatro Centros de Educação Infantil, em São Paulo, cidade em que também fica localizada a sua Sede Administrativa.